Você precisa ler isso #4

Em resumo, é um apanhado de links de coisas incríveis que achei por aí e acho que você poderia dar uma olhada. Vamos ficar de olhos abertos e ler cada um com atenção:

Vamos comemorar que hoje é sexta!!!

Vamos comemorar que hoje é sexta!!!

Por hoje é só, pessoal!

Anúncios

E eu (quase) me ferrei. De novo

(Este post foi escrito há algum tempo e ficou salvo nos rascunhos. Como se tratava de algo importante, resolvi corrigir apenas algumas datas e publicá-lo. Fiquem atentos!)

Bom, este é mais um desabafo do que um post propriamente dito.

Vocês já compraram algo e foram tão lesados, mas tão lesados (juridicamente, quero dizer) que no fim das contas não sabia se o que tinha acontecido era real ou não? É mais ou menos como entrar no Mc Donalds, pedir um trio qualquer e o atendente responder com um “Vá se ferrar e compre no Burger King”. Tenho certeza que vai demorar alguns minutos pra que você consiga distinguir a verdade da ficção.

Foi mais ou menos assim que eu me senti algum tempo atrás. Vou explicar para que me entendam melhor.

Há algum tempo, eu fiz uma compra no Mercado Livre, em um anúncio de um celular. O preço não era muito diferente dos valores reais do produto, o pessoal que qualificava sempre dizia que o atendimento era péssimo mas o produto chegava em boas condições. Como eu queria o produto, e não um bom atendimento, cliquei em comprar. Aí começava meu inferno.

A vendedora atendia por Gybueno, mas mudou o nome de usuário recentemente para Fast Phone, só para fins de “estética”, segundo ela mesma. Estética o caramba, ela queria era mesmo mudar o nome Gybueno porque já tava todo mundo cansado de tomar volta da dita cuja.

Fiz o pedido e paguei com meu cartão de crédito. Como vocês devem saber, eu não sou uma pessoa rica, não tenho dinheiro sobrando e por isso meu cartão de crédito sofre com as atribuições do destino. Quero dizer que o pagamento foi recusado com meu cartão de crédito.

O celular era um presente para uma pessoa, na época, então eu precisava dar um jeito de conseguir outro cartão para refazer o pagamento em tempo do celular chegar para presenteá-la (não era data nenhuma especial, era só um presente).

Depois de muito tentar e não conseguir realizar o pagamento, tive que apelar para o cartão de uma conhecida. Como o limite era maior, haveria possibilidade de pagar a compra e ainda assim ficar com uma reserva, caso precisasse.

Paguei a compra e aguardei o contato do vendedor.

Aguardei o contato do vendedor.

E aguardei, um pouco mais, o contato do vendedor.

Diante de tanto tempo sem dar notícias, entrei em contato via e-mail para saber o que poderia estar ocorrendo. A pessoa respondeu que “bla bla bla assim que o aparelho fosse postado eu receberia o código de rastreio”.

Aguardei 24 horas para um novo contato e nada. Assim que cheguei no trabalho eu entrei em contato de novo solicitando alguma informação, um prazo, ou qualquer coisa que me fizesse ficar quieto aguardando o celular chegar. A resposta veio em forma de NEGRITO e SUBLINHADO: “assim que o aparelho fosse postado eu receberia o código de rastreio

Assim, sem uma introdução, sem nada. Só repetindo uma parte que já havia dito anteriormente.

Assustado com tamanha grosseria (estou acostumado com amigos estúpidos, mas vendedores, nunca) eu resolvei deixá-los descansar um pouco. Na esperança de que em breve meu problema fosse resolvido.

Como fui inocente.

Não só não me responderam como também ignoraram completamente meus outros e-mails enviados solicitando qualquer informação.

Já preocupado com a situação, eu deixei passar o fim de semana para que o vendedor não se assustasse com minha insistência ou, ao menos, que a TPM dele fosse embora e ele fosse capaz de me atender com o mínimo de educação. Não foi o caso.

Na segunda feira, assim que cheguei no trabalho eu enviei um e-mail polido, tomando muito cuidado com as palavras, na esperança de que eu não fosse compreendido de forma errada. Para a minha surpresa, eu recebi uma resposta da vendedora, mas a resposta não veio tão polida quanto a minha pergunta. Sem titubear, ela respondeu: “Você demora pra pagar e agora quer o envio rápido?”.

Eu fiquei sem voz. Sério, nunca na minha vida tinha sido tão mal atendido por um vendedor assim. Nunca.

Já que o vendedor não tomava cuidados para manter a boa educação, eu resolvi partir para a única coisa que eu podia fazer. Reclamar e cancelar a compra.

Entrei no Mercado Livre e fiz o cancelamento (negativando o individuo) e abri uma reclamação pelo site contra o vendedor.

Na mesma hora o vendedor entrou em contato via e-mail, explicando que eu demorei pra pagar, e que era sacanagem ele ter que esperar tanto tempo pra receber e agora eu querer as coisas com urgência. Eu expliquei, calmamente, que meu problema não era o não envio de um produto já pago, era o péssimo atendimento e a falta de informação de um prazo para que eu pudesse aguardar meu produto com segurança.

Diante da reclamação e da negativação, o usuário por trás do atendimento percebeu a burrada e usou de chantagem dizendo que “se eu não mudasse a qualificação, ele não liberaria o dinheiro de volta. Prenderia até o último minuto para atrasar minha compra”.

Como expliquei, o celular era para um presente e quanto mais eu segurasse aquela compra ali, mais eu teria trabalho pra cancelar depois.

Entramos em um acordo e a qualificação foi modificada (para neutra) enquanto o dinheiro era liberado de volta para mim. Até aí tudo bem, eu já tinha dado esse problema por resolvido.

Uma conta de MSN (na época ainda se usava) com e-mail de fastphone1@hotmail.com me adicionou e me enviu um “oi”. Eu fiquei curioso e antes de qualquer coisa disse que “o problema já havia sido resolvido, que não precisaria de um segundo contato”.

A mulher do MSN, que se identificava como a tal Gy, explicou que queria saber o que estava acontecendo e diante de TODAS as reclamações que fiz ela disse desconhecer os tais problemas e que ela só trabalha na parte de vendas, que o atendimento era feito por outra pessoa.

Ignorei e segui minha vida. Aí que veio a melhor parte.

Entendam. O celular que comprei era no valor de R$ 999,00. Um PSP está em torno de R$ 600,00. Viram? Ok, agora continuando.

A tal Gy, do MSN, explicou que não queria problemas com nenhum cliente e que precisava zelar pelo nome que havia conquistado nestes “6 anos de vendas no Mercado Livre“.

Explicado isso, ela pediu para que fizessemos da seguinte forma: Eu depositaria o valor de R$ 650,00 em uma conta dela  e ela enviaria hoje mesmo o celular via Sedex.

Diante do absurdo, eu expliquei que não queria desconto, que não queria nada que pudesse me beneficiar, queria só o meu produto entregue, tendo em vista que já haviam debitado o valor da conta na próxima fatura.

Ela insistiu no desconto e me ofereceu mais. Como boa moça que é, me ofereceu um PSP de BRINDE se eu fizesse o depósito dos R$ 650,00 ainda hoje, até a hora do almoço.

Ou seja, eu compraria um celular de R$ 999,00 pelo preço de R$ 650,00 e ainda ganharia um PSP de brinde. Não é um amor, essa tal Gybueno?

Estava mais do que claro que aquilo era a mais pura picaretagem.

Quando ela falou do PSP eu percebi a burrada que ela estava me fazendo cometer. Claro que eu não faria o depósito, mas imagina uma outra pessoa menos capaz de distinguir as coisas o que não poderia fazer. Foi aí que resolvi fazer uma rápida busca no Google pelo nome Gybueno.

Caramba. Como alguém pode ser tão picareta todo esse tempo e ninguém conseguir fazer nada? Já vi relatos de nego que acha que ela tem alguém dentro do Mercado Livre auxiliando ela, já que mesmo sem liberar o pagamento, o pagamento é liberado pra ela e ela fica feliz com a sua grana no bolso, enquanto você amarga o seu prejuízo.

Aí eu percebi. Essa Gybueno faz da seguinte forma. Ela oferece algo no Mercado Livre. Você paga e ela vai te levando na conversa até o fim do prazo da liberação do pagamento e o Mercado Livre libera automaticamente o pagamento pra ela. Ou seja, o Mercado Livre dá respaldo pra esse tipo de atividade.

Mas convenhamos, se um vendedor te enrola por 2 semanas e você não cancela o pagamento, o problema está com você, não com o vendedor safado ou com o Mercado Livre (mais safado ainda).

Por isso, fica aqui o aviso. Não comprem NADA dessa Gybueno e fiquem atentos com descontos muito absurdos, e mais atentos ainda com prazos absurdos na entrega. Fiz algumas compras no mesmo dia e minutos depois os vendedores haviam entrado em contato para realizarmos os processos. Um deles, inclusive, eu recebi numa velocidade recorde para entregas por Correios.

Outro problema normalmente encontrado é a forma de contato com o Mercado Livre, por isso, eu fiz uma compilação de formulário de contato e de telefones espalhados pela internet. Alguns eu fiz o teste e outros eu deixei pra vocês tentarem aí, caso não dê retorno, nos avise por comentários:

Telefones – Todos com prefixo (11):

2842-5400
4153-1130
5508-2366
6842-5400
6842-5408
3040-4155
5093-2893
5533-0775
5103-0277
3040-4186
3040-4187
3849-4595
2842-5418

Se você tem alguma história pra contar sobre o Mercado Livre ou esta vendedora citada, deixe aí nos comentários para que os próximos visitantes possam ver.

5 Dicas para lidar com o tédio #MorandoSozinho

Uma das maiores dificuldades de quem mora sozinho e não tem centenas de amigos, como é meu caso, é lidar com o tédio. Acho que adolescentes sofrem mais disso, porque estão sempre entediados com o mundo. Tudo é “Old” e tudo é chato. Sempre precisam de novidades. Mas no fundo, no fundo, quem não é assim, né?

Eu sofro de algum problema que me faz ficar entediado muito rápido. Não sei se sou inquieto, se sou chato ou o que, mas não consigo perder muito tempo sem fazer nada, como tantas outras pessoas fazem de maneira exemplar.

Sabe aquelas pessoas que passam o domingo todo assistindo à Rede Globo só por preguiça de levantar e pegar o controle para trocar de canal? Então, eu não sou assim. Se ficar 5 minutos e aquilo não me acrescentar em nada eu já levanto, mudo de canal, chamo o vizinho, faço uma festa, pulo de um avião ou o que tiver pra me deixar menos “quieto”. Veja bem, não falo isso como mérito, só constato um fato. Acho isso muito chato, na maioria das vezes.

Para lidar com esse tédio eu costumo usar técnicas infalíveis, que irei dividir com vocês agora.

Não. Esta não é a solução para o tédio.

Não. Esta não é a solução para o tédio.

Dica #1 – Veja filmes e séries

Filmes e séries foram feitos para isso, para nos tirar do tédio. Eu não costumo assistir os que já vejo regularmente, em dias de tédio. Para esses dias eu costumo reservar algumas séries que quero ver, para aproveitar a surpresa do novo e me tirar um pouco da rotina.

Dica #2 – Jogos aos montes

Eu, ultimamente, tenho evitado jogar videogame. Sempre que começo a jogar eu me entedio muito rápido e vou fazer alguma outra coisa. Atribuo isso ao fato de todos os jogos que eu tenho eu já ter jogado até o fim e os jogos novos estão muito caros, então eu prefiro esperar um pouco para comprar novos jogos. Até lá, vou me virando com o que tenho.

Para fãs da Sony, uma dica é assinar a PSN+. Embora a Xbox Live tenha revidado (muito tempo depois) dando jogos grátis, a PSN+ tem o hábito de dar dezenas de jogos, alguns muito bons, o que te fazem experimentar jogos novos que talvez antes fossem passar despercebido por você. E, como já falei, o quesito surpresa conta muito quando estamos falando de sair do tédio.

Esses dias me surpreendi ao jogar Hotline Miami, no PS Vita do meu irmão. Ele deixou comigo porque deixei meu PS3 com ele. Uma troca bem justa, por enquanto. Desde que descobri o jogo, não faço outra coisa a não ser jogá-lo. Minhas horas de tédio têm diminuído drasticamente.

Se você é fã do Xbox, a Xbox Gold também te dá 2 jogos por mês. Não costumam ser jogos excelentes, mas se você tem acesso a internet vai gostar de explorar as funcionalidades online dos mesmos. É sempre mais divertido jogar com os amigos e com os chineses.

Dica #3 – Leitura

Ler é o melhor remédio para sair do tédio. Há alguns anos eu já deixei de comprar revistas físicas para me dedicar somente a leitura de blogs. Os blogs trazem conteúdo diversos, com qualidade muitas vezes superior a revistas conhecidas, com a vantagem de serem constantemente atualizados. Se souber garimpar bem, encontrará blogs incríveis sobre os mais diversos temas.

Se você ainda é fã de revistas, pode correr atrás de exemplares novos antes de chegar em casa. Quando faço isso, é diversão garantida por algumas horas. Tenho todo um ritual de chegar, desembalar a revista, dar uma folheada nela para ver se algo muito urgente me atrai e depois sento com calma, com alguma bebida ao meu lado e alguns petiscos e vou folheando-a minuciosamente, com atenção a cada detalhe. Atualmente ler tem me feito sair do tédio com muita facilidade e a hora passa que você nem percebe.

Óbvio que livros também são ótimos companheiros para horas de tédio. Se não possui o hábito de lê-los, pare o que está fazendo agora e vá começar. É muito divertido e ocupa lindas horas do seu dia com algo muito construtivo.

Dica #4 – Aprenda algo novo

Tem algo em mente? Quer fazer alguma coisa e não sabe como? Procure aprender. Eu tenho tido vontade de aprender a programar. Já baixei alguns ebooks, comprei alguns outros e estou me preparando para começar uma rotina de estudos na minha casa nova. Já separei até um espaço para isso. Logo, logo vocês verão.

O sentimento de tédio vem quando sua vida cai em uma rotina. Se você quebra isso aprendendo alguma coisa, sai ganhando duas vezes. Uma, porque acaba com o tédio, duas porque acaba aprendendo algo e no futuro isso pode ser muito útil.

Dica #5 – Desafios!

Essa eu costumo usar na cozinha. Quando sei que vou chegar em casa e sinto aquele sentimento batendo à porta, já começo a pensar no que posso fazer para exterminá-lo. Normalmente bate uma vontade de cozinhar. Paro o carro onde estiver, procuro na internet alguma receita que ache bacana e passo no mercado para comprar os ingredientes para realizá-la. Na maioria das vezes dá certo. Em outras, acabo fazendo uma gelatina de café HORROROSA que fica na geladeira por dias…e depois vai para o lixo porque estava intragável.

Bônus: Jogue de graça em seu computador!

Se estiver entediado, mas ainda assim cansado demais para realizar qualquer tarefa que exija muito de você, procure jogos online rápidos e que divirtam. Mas, cuidado!!! Esses jogos costumam ser muito viciantes (Flappy Bird, alguém?) e acabam com sua produtividade.

Um dos meus favoritos é esse, Bomberman Online. Entre, baixe e divirta-se!

Você precisa ler isso #3

Em resumo, é um apanhado de links de coisas incríveis que achei por aí e acho que você poderia dar uma olhada. Vamos ficar de olhos abertos e ler cada um com atenção:

DIVA!

DIVA!

Isso é tudo que passou pelo meu monitor esta semana. Semana que vem tem mais.

Diário de uma nova casa #1

Essa semana começou a correria para resolver sobre a mudança para minha nova casa. Estou saindo (de novo) da casa dos meus pais para ir morar em uma casa mais bem localizada, mais bem rodeada e muito mais calma e tranquila. Só durante a semana.

Essa semana foi uma correria só. Assina contrato, corre atrás dos pormenores, faz o depósito e aguarda…aguarda muito até o senhorio te ligar e mandar você ir lá buscar as chaves da casa. Nesse momento é o que eu estou fazendo. Estou aguardando.

Cada mensagem que chega no celular eu acho que é o início de um novo toque me chamando para ir buscar as chaves da minha humilde residência.

Tenho passado horas e mais horas em sites de decoração. Buscando as melhores formas de decorar e de deixar o apartamento com a minha cara.

Uma coisa eu tenho percebido. É muito importante fazer uma mudança planejada, com tudo separado anteriormente e com todos os seus pertences guardados com carinho.

Como tenho muita coisa, incluindo roupa, que não uso, estou separando as coisas que quero levar comigo e as coisas que serão doadas para alguém que precise ou para algum abrigo qualquer. Também estou pensando em separar umas camisas que gosto para fazer de almofada, como nesse post que vi no blog da Mulher Vitrola.

Uma coisa é certa: Minha nova casa vai ter a minha cara, só que vai ser menos bagunçada e mais bonita que a minha cara.

Por enquanto é isso. Estou no aguardo de pegar a chave. Hoje já faço a separação das coisas que vão comigo no carro, que vão cominho na caminhonete e o que vou levar amanhã, dentro da pickup que vou pegar emprestada para fazer a mudança.

Só posso afirmar uma coisa: Este fim de semana não dormirei ao som do forró. Dormirei ao som dos passarinhos (ou dos monstros que se escondem no mato).

(Ah, e vem mais posts sobre #MorarSozinho. Aguardem).

É tipo isso.

É tipo isso.

Os 5 melhores covers que você ouvirá essa semana

Não sei se todos vocês sabem, mas eu sou absolutamente fã de covers e versões de músicas famosas. Se a música original for antiga e tiver aquela estética antiquada, eu amo mais ainda suas versões mais modernas.

Não há nada no mundo que me irrite mais do que ouvir músicas com qualidade sonora estranha e velha (Vinil? Tô fora). Raul Seixas, Beatles, AC/DC, Nirvana, todo esses me agradam muito mais quando são covers ou versões do que as músicas originais. Por conta disso, fiz uma lista com os 5 melhores covers que você ouvirá essa semana.

Eleanor Rigby

Essa é clássica e sempre gosto de ouvir. Tem várias versões dela, mas essa é a que mais me deixa feliz quando ouço. (a música começa em 1:17).

Tem também a versão da Pitty que muito me agrada.

No Diggity

Eu ouvi essa música uma vez e nunca me interessei muito. Quando vi a versão que as meninas do “Black Kettle” fizeram eu fiquei maravilhado e comecei a acompanhar as outras versões que elas fizeram e é uma mais perfeita que a outra.

Other Side

Dover é uma banda espanhola e sua vocalista tem uma voz suave e doce. Uma das melhores versões de Red Hot Chili Peppers que você verá.

Julia Nunes

Essa eu nem sei qual escolher, por isso entitulei com o nome da artista. Todas as músicas que essa menina canta são incríveis e costumam me fazer sorrir por horas e mais horas. Escolhi pelo menos uma, que eu sempre que posso ouço. Se você curtir, conheça o canal da menina e se inscreva. Vale a pena.

A prova de que Julia é uma artista incrível é que ela conseguiu unir a música do Justin Bieber com a do The Supremes e ficou fantástica. Assistam:

Wake me Up

Sam Tsui é outro que conheci através da internet. Na época ele tinha feito uma versão de Love the Way you Lie, da Rihana com o Eminem e eu fiquei maluco. Salvei, baixei e fiquei cantando durante dias essa versão que ele cantava. Aí esses dias ele fez uma versão de Wake me Up, que é uma das músicas atuais que mais tenho ouvido (já até cansei, eu acho). Não sei se conhecem a voz desse garoto, mas essa é a hora. Ouçam e se divirtam:

E aí, faltou algum que eu deveria conhecer?

 

Sem tempo de ter tempo

O tempo é um bem precioso. Steve Jobs disse bem em seu discurso de Stanford:

O tempo de que vocês dispõem é limitado, e por isso não deveriam desperdiçá-lo vivendo a vida de outra pessoa.

É ou não é uma frase pra te fazer acordar?

Eu não tenho a fórmula para administração de tempo. Muito menos sei a melhor maneira de me organizar e fazer parecer que meu dia tem 30 horas, como em um certo banco.

Queria eu poder acordar, ler jornal, tomar café, dar comida para o cachorro que nem tenho, tirar uma foto para avaliar meu envelhecimento, tomar um banho, sair com calma e ir para o trabalho. Queria eu poder fazer tudo isso, neste ritmo de personagem de seriados americanos. Algumas vezes acho que se meu horário de trabalho começasse às 15:00 eu acordaria 14:50 super atrasado. Como é toda manhã.

O tempo é a única coisa realmente democrática do universo. Ele é igual para todo mundo. Desde o pobre mendigo de Dubai que compra pedaço de lagartixa para comer no almoço até o podre de rico com topete estranho dentro de uma Trump Tower. O tempo é igual para todos. Igualmente injusto.

Melhor do que administrar melhor seu tempo, é administrar melhor suas prioridades. Dê atenção ao que realmente importa. Perca alguns segundos conversando com quem ama e pensando no que fazer à noite, para que seja só mais uma noite, mas que ela também seja especial.

E quando conseguir aproveitar melhor seu tempo, não vai mais importar se seu dia tem 24 horas ou 30.

1000