Empreender e decidir!

Existem pessoas que conseguem viver toda sua vida debaixo das asas de alguém. Com proteção, estabilidade e muitas “certezas”, viver uma vida de um “funcionário” é algo realmente mágico. Imagine que maravilha que seria se, ao bater o horário do fim de seu expediente, você simplesmente desligasse seu cérebro e fosse para casa viver sua vida “civil” e esquecesse todos os seus compromissos. Para muitas pessoas a vida profissional funciona dessa maneira.

Muitas delas nem fazem por querer, seu trabalho simplesmente permite que isso aconteça e elas aproveitam isso da melhor maneira. Desligando-se de seus afazeres quando seus horários assim o permitem.

funcionario-do-mes

Há algum tempo eu venho tendo este problema. Eu não consigo mais me desligar do trabalho. Eu vou pra casa e minha vida profissional continua agindo fortemente. Eu continuo pensando em decisões que devo tomar, em situações que devo contornar e em problemas que devo evitar. Mesmo nos momentos de lazer.

Isso não é um mérito. Longe disso, pra falar a verdade. Eu sempre vi essas pessoas com muito desprezo, achando muito errado quando deixamos nossa vida profissional e pessoal se misturarem. E agora eu vejo isso acontecer comigo e sinto um misto de raiva com determinação.

Raiva por ir contra algo que eu sou tão contra. Deixar a vida profissional invadir sua vida pessoal é burrice e acaba te afastando de seus lazeres e de seus momentos de reflexão com a família e amigos. Determinação porque eu começo a sentir que este sentimento pode ser usado para outros fins, para outros meios, na verdade.

Se eu tenho determinação para me empenhar quase que 24 horas por dia por uma empresa, por que eu não posso fazer o mesmo por uma empresa minha? Por que não posso me dedicar dessa forma quase que integral por um negócio que é meu? A verdade é que eu posso. Não devo, mas posso.

Esses dias eu comecei a desenhar um novo projeto. Comecei a sondar uma nova proposta de negócio e as coisas começaram a se desenhar de tal maneira que está ficando difícil fugir desta decisão que se aproxima. Eu vou ter que empreender ainda mais. Afinal de contas, todo empreendedor já empreende, seja em seus empregos atuais ou em suas empresas. Para empreender não tem lugar certo.

Entrepreneurs-Startups

Então, com os dias passando, cada hora mais eu vou vendo chegar essa hora, de me dedicar integralmente ao meu negócio. Nada de internet, dessa vez. Nada de redes sociais (inicialmente, o negócio não é focado na internet, mas não quer dizer que não a usarei), nada de trabalhar em frente a um computador, dessa vez o projeto é completamente diferente e fará uma diferença significativa na minha vida pessoal e profissional. Espero que possa contar com o apoio de todos vocês na hora que eu estiver louco tendo que tomar mil decisões, a parte mais difícil de empreender, na minha opinião.

E vocês, quando costumam tomar decisões em suas vidas, seja profissional ou pessoal, como lidam? Quais critérios usam?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s