Blogagem em uma outra era

Blackchronos, Trinity, Peter Punk (eu), e muitos outros nicknames das antigas. Quando lembro do começo dos blogs esses nomes me vêm a mente. Eram nomes de amigos que blogavam comigo. Passávamos horas customizando o blog, para depois mudarmos tudo novamente. E no fim das contas todos eram horríveis de brilhosos.

Tudo tinha muito brilho. Muito som. Muitos cliques e muitos banners de parceiros, que nada mais eram do que os amigos mais próximos que também costumavam blogar as coisas mais inúteis ever. E todos eles viviam em um ciclo vicioso de construção e descontração de layout.

O tempo foi passando e os blogs foram mudando, gradativamente. Sumiram as postagens pessoais e entraram os posts “ctrl+c ctrl+v”. Sabe aqueles posts que você vê em TODOS os sites que visita? Pois é. Não é chato na primeira vez, mas depois de ver pela milésima vez o vídeo do garoto se vingando do bullying que vinha sofrendo, as coisas perdem um pouco a graça. Os publi (não tenho nada contra, até tenho amigos que fazem), os memes, as fotzzzzzzzzzz….

Na minha opinião tudo ficou muito pasteurizado. Acabou o “blogar para divertir”. Agora é tudo “VISITE MEU BLOG!!!!!11”. Aí tu vai ver, tem 1 postagem e 500 comerciais. Fica difícil querer voltar para ler algo legal…quando tem algo pra ler, né.

Daquela época, o que mais me faz ter saudade eram as centenas de blogs de cunho pessoal, com textos horrorosos e cheios de glitter. Hoje em dia isso é feio, mas na época, fazer isso com pouquíssimo conhecimento de HTML era o máximo. Noites e noites editando layout, tentando incluir TUDO, absolutamente TUDO que você gostava. Era como levantar um cartaz e dizer: “Hey, tá vendo tudo isso no meu layout? Sou fã de tudo isso”.

O mais engraçado era que escrevíamos para 5 pessoas. Poucos blogs que conheci daquela época continuaram intactos. Na verdade, não lembro de nenhum blog famosão daquela época. A maioria sumiu com o passar do tempo, inclusive os meus. Meu blog da época devia ter uns 3 leitores fixos, todos conhecidos do mundo real.

Hoje um monte de gente resolveu escrever sobre esses blogs raiz…e bateu aquela vontade de fazer o mesmo,

Quer ler mais? Visite: Borboletando Babee Gui Epic Patty Maçãs Verdes Poly Deborices Rodrigo Mulher Vitrola Loma Duds Mih Lola

Anúncios

12 comentários

  1. gente que post maravilhoso! super verdade, eu tinha uns 4 leitores no blog antigo, mas também me desfiz e comecei o meu atual há 4 anos atrás só (um neném) HAHAHA mas e a gente lá precisava ser lido? a graça era extravasar os feels (quantos feels) e se sentir realizado por escrever um código super difícil que depois se transformava na coisa visual mais linda do mundo (cursor com neve, como eu sofri pra colocar pela primeira vez e como chorei de emoção quando consegui) 😉 to amando esses posts todos, saudades de uma época em que se produzia conteúdo honesto e feliz e se divulgava os amigos pelo simples prazer de ajudar ao próximo ^^

    1. Também sinto muito falta dessa produção só pelo amor, só por produzir conteúdo, não para gerar só visitas.

      Não conheço ninguém daquela época que escrevia pra ser famoso, para ter seguidores ou para ser anarquista. Só escrevíamos porque queríamos escrever e isso já bastava e muito.

      Também estou adorando estes posts.

      Acho que o que eu sofria mais para implementar nos layouts eram aqueles contadores de página. Eu sempre me confundia e fazia algo errado e ficava tudo bugado.

  2. É aquilo, querendo ou não, vamos conforme a maré… até chegar na metade do caminho e se perguntar se é essa mesmo que devemos seguir. O problema é que há os que se pergunte e os que não. Tá curtindo, tá bacana? Beleza! Mas quando vira obrigação é triste…

    Uma vez, num form que fiz, muita gente pediu que eu fizesse posts diários. Pensei bem e descobri que não sou capaz. Porque eu só consigo escrever quando me dá vontade, quando eu acho que vai valer. Não gosto de não ter inspiração para tal, mas relaxo, deixo fluir que uma hora vem! Blogar, definitivamente, é uam de minhas maiores diversões 🙂

    adorei o post! (“visita o meu?” hahahahaha)

    bjs,
    Re

  3. Pior que é a mais pura verdade. Eu lembro que eu tinha uma sidebar recheada de GIFS piscantes do que eu curtia, HAHAHAHAHAHAHA. Tudo em pixel, coisa linda. E lembro que as amigas do colégio tudo pagavam pau pras minhas habilidads cibernéticas e sempre comentavam no blog HAHAHAHAHAHAHAA bons tempos!

  4. Brilho, brilho por toda parte! hahaha
    Era basicamente isso mesmo, a nossa velha blogosfera. Um verdadeiro banquete de Drag Queens!
    E a gente falava sobre tudo MESMO. Tomou sorvete? Posta no blog. Saiu com aquele garoto lindo? Posta no blog. Brigou com a mãe? Tá tudo lá no blog. Tenho uma amiga que postava até quando ela estava com prisão de ventre, e conseguia fazer isso parecer absurdamente engraçado. Sdds
    To adorando essas postagens! ;D

  5. Aquele era uma época remota tão boa ❤
    A gente blogava para nós mesmos, levávamos a sério a ideia de diário virtual e receber dinheiro ou brindes por causa de um post era inimaginável.
    Daquela época acho que só restou o Just Lia, mas para mim o JL ainda é 'meio novo' porque eu sou do tempo que a Lia Camargo tinha o Lia's Palace O_O
    Estou amando esses posts old school ❤
    Bjuxxxxx

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s