Serviço de utilidade pública aos amigos casais

Como sabem eu já tive dois casamentos terminados por motivos diferentes, mas ambos acabaram. Posso não ser o cara mais galanteador do mundo, nem o mais pegador, mas podem ter certeza de que de coisas que acabam com um casamento, eu entendo como ninguém.

Se você for um masculinista babaca que acha que casamento é prisão, então você nao deveria estar aqui lendo este texto. Posso te garantir que não há nada no mundo melhor do que chegar em casa depois de um longo dia de trabalho e se sentar com sua esposa pra ver Fringe, ou ver um programa musical que você nem curte mas que vale a pena só por estar perto de quem você ama de verdade.

Desde muito tempo me irrita o fato de ver amigos meus casados cometendo os mesmos erros que eu cometi. Você tenta conversar, tenta alertar o fulano mas ele ignora. Quando menos se espera você está se separando. Pior que não é um ou outro, a maioria dos meus amigos casados cometem exatamente o mesmo erro e, alguns, também já passaram por 2 ou 3 casamentos. Se você ainda não aprendeu, melhor desistir e ir tentar outra coisa. Lacrosse, talvez.

Sendo assim, resolvi escrever este post para que vocês passem para seus amigos casados,  caso concordem, para que os nossos amigos continuem assim: casados.

Redes sociais, mas nem tanto

As redes sociais são uma grande arma na mão do casal. Tanto do marido quanto da esposa, se usada de forma errada, pode destruir relações.

E eu nem estou falando de caras que adicionam as antigas namoradinhas pra continuar se sentindo o garanhão mesmo depois de casado (é bom lembrar que se você é desse tipo, você é um belíssimo de um babaca). Estou falando do cara que utiliza as redes sociais para postar reclamações sobre sua parceira.

Aprendam uma coisa: um casal só é feito por DUAS pessoas. Mãe, sogra, amigos e colegas nao fazem parte desta equação.

Redes sociais podem ser legais, mas elas também são eternas. A internet está ai para mostrar que uma simples foto pode destruir vidas. Muito cuidado quando for falar algo de sua esposa. Cuidado redobrado ao fazer uma crítica especifica, principalmente se for a algo extremamente intimo.

Guarde suas informações para vocês!

Guarde suas informações para vocês!

Ninguém na internet precisa saber o que você faz ou deixa de fazer com sua parceira. Se vocês não fizeram sexo porque ela está com raiva, parabéns, guarde isso para você. Não alimente essa discórdia só pra ganhar números para o seu show. Entenda que o twitter é uma moda que vai passar, mas seu casamento deveria ser para sempre. Pelo menos foi o que você prometeu quando casou-se com ela.

E se sua companheira faz algo que te irrita nas redes sociais, não responda a altura. Chame-a para conversar. Exponha a situação e diga que o problema de vocês só diz respeito a vocês. Não fiquem trocando farpinhas por ai. No fim das contas, um problema que vocês poderiam resolver após algumas horas de trabalho longe um do outro vai virar um calo no pé que vocês vão carregar para o resto da vida, se bobear.

Nunca. Jamais. Em hipótese alguma ofenda seu parceiro

O título é auto explicativo, mas a situação de “ofensa” é um pouco mais complexa do que só um xingamento.

E esse eu conheço bem. Eu sempre tive mania de ser engraçadinho. Faço piadas com qualquer coisa e estou sempre brincando. Quando as pessoas riem, você acaba perdendo um pouco o controle e, muitas vezes, ultrapassando o bom senso.

Eu tinha mania de ser grosso com a minha esposa, simplesmente porque era “engraçado”. Lógico que não era nem um pouco engraçado, mas quando as pessoas riem você acaba confundindo as coisas.

Depois de algum tempo eu percebi que quem ria era eu e as pessoas ao redor, nunca minha esposa. Ai eu percebi o quão babaca eu estava sendo e decidi deixar isso de lado e nunca mais fazer. Acreditem, nossa vida mudou muito quando eu passei a respeitá-la.

Como eu disse no começo do tópico, nem sempre ofensa é xingamento. As vezes é humilhação (falar do trabalho da esposa diminuindo-a), sacanear sobre sua função der ser a “piloto de fogão”, ou fazer umas piadinhas sobre uns quilos “a mais” que ela possa vir a ter, que por si só já é uma idiotice, afinal, quilos “a mais” do que quem? Qual seu parâmetro de pesagem e por que ela deveria seguí-lo? De qualquer forma, essas coisas são coisas que duram pra sempre.

E se quer uma dica para a sua vida inteira, não case com ninguém porque ela é “gostosa”, ou porque ela é “bonita”. Case se essa pessoa lhe fizer bem, se vocês compartilharem prazeres e gostos. Case-se porque quer passar o resto de sua vida ao lado dela. Não case só pra ter um troféu em casa.

O homem tem o dom de esquecer o porque brigaram minutos depois, mas as mulheres, principalmente se tiverem sido ofendidas por coisas das quais elas possuam complexos, as mulheres costumam guardar isso para sempre. Pensando bem, o homem também. Imagine que sua mulher ache engraçado sacanear você na frente de todos os seus amigos (ou no facebook) dizendo que você tem o pênis pequeno. Você iria levar isso para a vida toda, né? E seus amigos também.

Portanto, pensem bem antes de proferirem qualquer ofensa. Lembrem-se que o casamento é feito por respeito e se isso faltar em sua casa…não vejo como o casamento poderá durar.

Ser amigo não é alimentar discórdia

Esse é mais para os amigos do que para o casal em si. Sabe aquele “amigo” que você tem que adora ficar falando de ex namorada, que posta no facebook lembranças de uma época que fere sua parceira ou que posta fotos de uma época em que vocês eram “mais felizes”? Então, esse cara é um babaca. Afaste-se dele o mais rápido que você puder.

Não seja/tenha esse tipo de "amigo"

Não seja/tenha esse tipo de “amigo”

A primeira coisa que aprendemos sobre amigos de verdade é que se eles amam alguém, esse alguém passará a fazer parte da família imediatamente. Não importa se é gay, se é negra, japonesa ou alemã. Namora com um amigo seu? Então ela é sua amiga.

Se você está solteiro e só tem amigos casados, ou arrume amigos solteiros ou então saia sozinho. NUNCA se deve chamar um amigo casado para uma diversão de “solteiro”. Diversão de solteiro é toda aquela caracterizada por mulheres, bebidas e situações em que, no caso contrário, te irritaria caso descobrisse que sua esposa esteve sozinha ali.

Quer chamar seu amigo pra alguma coisa? SEMPRE tenha em mente que a esposa dele irá junto. Convide os dois, pra falar a verdade. Nada de chamar o marido e deixar ele convidar a esposa.

E se você é casado e aceita sair para este tipo de lugar, tenha em mente que isso pode causar certo desconforto em sua esposa e alimentar este tipo de sentimento não é bom pra nenhum dos dois.

“Ah, mas ela é chata e mudou meu amigo”. Não, ninguém muda ninguém. Seu amigo mudou porque avaliou melhor os conceitos dele e resolveu mudar. Pode ter sido influenciado por alguém? Sim, mas não é você que deve se meter nisso. Você, como amigo, deve respeitar as decisões dele e alertá-lo apenas em caso de algo ilegal. Caso contrario, não seja babaca e fique na sua.

Seu amigo continua postando fotos de ex sua e te marcando? Converse com ele. Diga que ficar alimentando comentários que sua namorada atual faz, por exemplo, e que acabam por trazer mais discussões a vocês não é legal.

Teve uma época que minha esposa postava qualquer reclamação no facebook e um monte de “amigos” ia lá alimentar, incluindo fatos ou criando historias, só pra ver o circo pegar fogo. Sabe por quê? Porque nao são eles que estão tendo o casamento abalado, não são eles que vão chegar em casa e encontrar a esposa com raiva sem você nem saber do que.

Evitem brigas por coisas que nao lembrarão

Essa foi a minha primeira esposa (#RossStyle) que me ensinou. Se você está pensando em discutir com sua esposa, pare por alguns segundos e pense: “Isso irá refletir na minha vida daqui a 7 dias?” Se a resposta para esta pergunta for não, melhor refletir se vale realmente a pena discutir.

Uma discussão é como uma rachadura em um vaso. Quanto mais rachaduras, mais chances deste vaso quebrar. Se pudéssemos ter um método que detectasse quando um vaso fosse ter uma rachadura, seria muito fácil manter o vaso inteiro. Por causa disso, pense MUITO antes de criar mais uma rachadura no vaso. Este é o seu casamento, não um objeto adornando sua casa.

Indiretas nao servem nem para amigos, quanto mais para sua esposa

Você é daqueles que adora postar indireta no Facebook? Ou daqueles que começam um assunto qualquer e deixam o resultado da história no ar no Twitter? Então, pare!

Que manda indireta é um babaca. Quem fica deixando assuntos inacabados, ou que dão margem a uma segunda interpretação também é babaca. Se você faz os dois, você é babaca ao quadrado. Isso soa bem pra você?

Fazer isso para os amigos já é assinar atestado de babaca. Fazer isso para sua esposa é ainda pior. Primeiro porque você estará alimentando a novela da vida alheia, aquela que é acompanhada por gente idiota que não têm muito o que fazer e prefere ficar acompanhado a vida dos outros, ao invés de irem viver a sua própria.

Evite mandar indiretas. Evite se comunicar pela metade. Se for falar algo, fale! Se algo te irritar, converse! Se algo não está indo bem, sente-se com sua parceira e converse. Postergar só vai te levar mais e mais para o buraco e no fim, quando estiver bem lá embaixo, a única pessoa que realmente se preocupa com você vai estar tão magoada que não vai conseguir te estender a mão.

Um relacionamento não é construído do dia para a noite. Não é só nascer uma criança que vocês terão uma intimidade maior. Um relacionamento é construído com confiança, com respeito e com amor mútuo. O que nos leva ao último tópico deste enorme texto.

Não seja babaca

É isso aí, mais simples impossível. Lembra daqueles primeiros dias que você tentava conquistar sua namorada/esposa? Aquilo é uma memória boa para ela. Você em casa, sem se preocupar em estar bem vestido ou cheiroso, não é. Surpreenda. Mude. Faça com que ela nunca tenha que se perguntar porque casou com você.

Não estou falando de rotina. Não acredito que isso exista. Uma rotina pode ser incrivelmente produtiva para ambos. Se vocês curtem ficar todos os dias juntos vendo filme, então façam isso. Se algum dia o gosto de um de vocês mudar, é hora de criar uma outra rotina.

Você não vai querer ser esse cara.

Você não vai querer ser esse cara.

Tenha em mente que casar é abrir mão de algumas coisas, mas eu prefiro ver de um modo diferente: Casar é adquirir novos hábitos com a pessoa que você ama.

Pare de jogar videogame 24 horas por dia se isso incomoda sua parceira. Pare de ficar jogado no sofá por 10 horas enquanto sua parceira arruma a casa. Pare de agir como um idiota quando se dirige à sua esposa. Tente lembrar-se de como era quando vocês começaram e batalhem juntos para que isso volte a se repetir diariamente.

Não gosto de usar o argumento de que se não tiver em casa a mulher arruma na rua. Não é verdade. Muitas mulheres e homens são maduros o suficiente para saberem que se não estão tendo alguma coisa em casa (e nem falo só de sexo) é porque alguma coisa está acontecendo e é hora de conversarem para se entenderem.

Procurar na rua quando se falta em casa é pensamento de gente limitada e burra.

Tenho certeza que se você se deu ao trabalho de ler este texto enorme, você não quer se separar ou não quer ver o amor da sua vida sendo feliz com outra pessoa. Se quer fazer sua esposa feliz, então dê motivos para que ela seja feliz. Ter casa e um “homem” em casa não dá felicidade a ninguém. Algumas vezes vale muito mais uma casa de papelão e um pula pula pra alugar e fazer dinheiro do que ter todo um aparato de concreto e lhe faltar amor.

Amor, meus amigos, move o mundo.

Anúncios

5 comentários

  1. Senti falta de 1 item na lista: Preservar a individualidade do(a) parceiro(a)

    Por mais que se gostem, não acho sadio para a relação estar presente em todas as atividades, tipo grude. Tem que deixar a pessoa ‘respirar’ um pouco, sair com amigos ou colegas de trabalho para conversar sobre assuntos do universo deles, que dizem respeito somente a eles. Quando isto acontece, o cônjuge volta pra casa feliz, cheio de estórias para contar. Ter raciocínio, individualidade e vontade própria é algo muito valioso para o ser humano.

    Não acredito em relacionamentos que durem para sempre, porém acredito naqueles que são bem vividos. Se acabar algum dia, ninguém se arrependerá de coisas que não fez porque o outro não queria etc. Não gosto da ideia de uma pessoa viver em função da outra.

    Abraços!

  2. Adorei o post e acrescentaria que esse lance de Brangelina que os parentes fazem é uma merda depois que acaba. A individualidade deve ser respeitada, já que é impossível gostar de tudo que o outro gosta e vice versa. Fico triste que seus relacionamentos tenham acabado, mas se for por um “bem maior” está valendo. Antes só do que infeliz. BEIJOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s