Escolhas. Boas ou mãos, serão sempre escolhas.

Olá, indeciso leitor.

É difícil tomarmos decisões, não é mesmo? Principalmente quando estas decisões envolvem vidas de outras pessoas. E de outras pessoas.

O julgamento é inevitável. E sempre que você toma uma decisão, é difícil saber o que pesa mais, se é o peso das consequências das decisões ou se é o peso do julgamento do bando de gente que não tem o que fazer. Mas no fim das contas, são sempre os dois pesos que você vai carregar. Independente do tamanho, o peso é sempre um peso.

Minha mãe dizia que ninguém deve ser culpado por dizer a verdade. E isso se aplica a tudo na vida. Tudo, mesmo. Pelo menos é o que eu acho.

Da mesma forma que ninguém deve ser culpado por dizer a verdade, acredito que ninguém deveria ser culpado por tomar decisões. Sejam elas certas ou erradas, deixando de fora as óbvias obstruções da lei, logicamente, porque eu não estou aqui pra apoiar ninguém a fazer merda com a vida dos outros.

Eu não tomei decisão nenhuma, mas as decisões foram tomadas. Eu respeito, amo e respeitarei sempre essas decisões, mas não é fácil de olhar pra trás (e pra frente) e ver tudo que perdemos, tudo vamos perder e tudo que já conseguimos. Mas como falei, as decisões foram tomadas e ninguém deve ser culpado ou se culpar por isso.

É uma penas, mas a vida segue. Já passamos por coisas bem piores e sobrevivemos. Exceto os dinossauros. Esses passaram por um pequeno obstáculo e morreram.

Dó dos dinossauros.

“Que dóóóóóóóó…que dóóóóóó”

Anúncios

1 comentário

  1. Caro escritor, cortinas se fecham, shows terminam e logo começam novas turnês.
    Como diz o célebre Charlie Brown Jr, “cada escolha é uma renúncia”, e blablabá. Vivemos todo o tempo dependendo de escolhas alheias: O motorista do ônibus que não pára pra nós, o menino desavisado que resolve correr atrás da pipa na avenida na frente do carro. O cara que resolve esquentar milho e ver no que dá. Algumas escolhas têm bons resultados, outras nem tanto. O que importa é o que fazemos das consequências dessas escolhas.
    Mais do que escolher, ou aceitar escolhas, é preciso saber o que fazer a seguir. A decisão foi tomada, e agora há diversos caminhos a percorrer. Escolha um, e boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s