Mãe é mãe

É sério. Não importa o que digam ou o que façam, mãe é mãe e isso nunca vai mudar.

Sua mãe passa por coisas que você nem imagina, todos os dias. Se você está preocupado em pagar uma conta, por exemplo, sua mãe também está preocupada por você. Se você não sabe com que roupa ir para uma festa, provavelmente ela está cagando para suas escolhas, mas se tu precisar, urgentemente, comprar um tênis ela vai te ajudar. Mesmo que o tênis comprado seja número 40 e tu calçar 44. Ela vai ficar com raiva de você e da sua irmã que o incentivou a isso, mas ela vai te apoiar.

Minha mãe teve 3 filhos e criou mais 3 do primeiro casamento do meu pai. Acho que nunca listei todos os irmãos aqui, então, lá vai: Eu, Theo, Ademar, Cleber, Jorge Luiz e Márcia. Do menor para o maior (se bem que não sei a idade do Jorge Luiz, ele pode ser mais velho que a Márcia, embora não pareça).

Se ela se preocupa com a conta de UM filho, imagina se preocupar com a conta de 6. Pô, é conta demais pra se preocupar, não?

Mas mesmo assim. É só você precisar, é só você sair correndo e sempre vai ter o colinho da mamãe ali pra você, prontinho pra te receber.

Um dos meus irmãos (descubram qual), comeu cocô quando criança. É. Ele estava lá, brincando pra lá e pra cá e quando minha mãe viu ele tava com a boca preta. Para quem não sabe, minha mãe não sente cheiro e ficou tentando entender onde o tal irmão havia conseguido “doce de banana”. Minha irmã viu a cena e quase morreu do coração ao constatar que aquilo não era doce. Muito menos de banana.

Um outro irmão meu passou merda em dinheiro. Minha mãe deixou o caixa aberto, eu…digo, ele foi lá, tirou a fralda de pano que cobria seu nobre bumbum e tascou merda no dinheiro. E como minha mãe é minha mãe, ela lavou a dinheirama toda e fingiu que nada aconteceu.

Teve outro irmão que comeu doce de batata achando que era purê. O diferencial é que ele comeu junto com o feijão e arroz de sempre. No dia seguinte minha mãe foi até a panela e deu falta do doce. Quando questionou o tal irmão ele disse “Era doce? Achei que fosse purê e comi ontem na janta”. Todos ficaram abismados com a falta de paladar do dito cujo mas deixamos passar.

Imagine isso por, sei lá, 40 anos. Todo ano tinha uma merda, todo dia acontecia alguma coisa. Era uma surra de mangueira aqui, era um irmão maluco quebrando bonecos e escondendo, era um outro caindo de bunda no cactus, era um outro fugindo do trabalho pra jogar fliper, era outro que tava jurado de morte. Só coisa legal, sabe?

E hoje eu passei por isso. Saí de casa sem nem saber o que fazer. Ando meio perdido ultimamente porque o mundo adulto tá vindo com força pra cima de mim, então minha mãe veio e com algumas palavras que só mães sabem falar me ajudou muito. Junto com isso veio um abraço apertado e um beijo na testa (que eu dei nela, porque ela é a metade do meu tamanho) e fui trabalhar revigorado. Neste momento eu sinto minha vida mudando e cada passo que dou sinto que minha mãe está do meu lado. Em alguns momentos olhei pra trás e me vi caminhando sozinho, quando na verdade eu estava com ela no colo (essa mesma coisa do tamanho, sabe como é).

O que importa hoje é que eu amo minha mãe mais que tudo. Obrigado mãe, não só por existir, mas por me ajudar e me corrigir quando foi preciso. Nunca vou esquecer disso.

E você, já deu sua raspadinha hoje, já ligou pra sua mãe dizendo que a ama?

Mamãe Marlene

Anúncios

3 comentários

  1. Depois que me casei e saí de casa, foi que me bateu a saudade de meus pais e passei a valorizá-los melhor, com esta saudade. Minha mãe é uma guerreira para mim até hoje. Eu bem sei o quanto de resistência ela passou – e ainda passa. Eu bem sei dos conselhos que ouvi e segui, e daqueles que deixei de lado e me arrependi. Hoje tento cuidar da minha mãe, até mais do que quando estava com ela, mesmo que um pouco longe. E tem coisa melhor do que cheiro de mãe? Aquele cheiro tão familiar da nossa própria família?
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s