Fake, falso, poser…eu quero é que se f***

Ultimamente tenho reparado como tem aumentando exponencialmente a quantidade de pessoas fãs de HQ’s, de filmes “nerds”, seriados e tudo mais que envolve a cultura nerd/geek. Com isso também, é claro, surgem aqueles que não curtem tanto assim a cultura mas que gostam de estar cercado por pessoas que curtem o gênero. Seja ele qual for. E por conta disso, surgem também os advogados defensores da verdadeira cultura nerd/geek. Sabe aquele cara que cria listas e tópicos sobre “como ser um nerd roots”? Então.

Poser!

Rótulos sempre foram idiotas, desde sua adolescência e, acredito eu, você foi muito injustiçado quando queria fazer algo mas não podia porque não se encaixava no padrão do seu grupo?

Eu, por exemplo, gosto muito de Zé Ramalho. Adoro suas músicas, gosto das letras e acho ele um dos poucos cantores que eu admiro por completo (gay?). Se tivesse que eleger um gênio da música brasileira, não lembraria de Cazuza, nem de Renato Russo, nem de Pe Lanza. O nome certo seria Zé Ramalho. Isso quer dizer que eu não sou “roqueiro”? Quer dizer que sou poser? Que só pago de roqueiro para bla, bla, bla, bla, bla, bla?

Vocês conseguem perceber o quão ignorante isso soa? Essas pessoas, que têm aparecido aos montes por aí, não precisam necessariamente ser alguma coisa para usarem o termo que elas acham adequado. Ela pode ser uma simples pessoa que gosta de diversas coisas em graus diferentes, ou, em algumas hipóteses, em graus não condizentes com suas vestimentas ou coisa assim.

Este tipo de comportamento é comum a qualquer grupo. Quantas vezes você já não viu garotas que sempre adoraram Barbies e bonecas passar a dizer que odiava as tais só pra poder se vestir de preto e ouvir Avenged Sevenfold? Elas estão no direito delas. Nós mudamos de opinião e gostos a todo momento, é óbvio que elas poderão fazer o mesmo. Ninguém decretou que ao nascer com uma opinião, você deveria morrer com ela. Pelo contrário. Quantos de nós já não lutamos pelo direito de nos expressar? Impedir que alguém mude de opinião ou diga que é de um grupo cujo qual VOCÊ  não julga condizente é hipocrisia. Lutamos por liberdade desde sempre.

Se a garota quer tirar foto com um controle na mão, enquanto a outra quer tirar com ele na boca enquanto segura a camisa levantada mostrando sua barriga, qual o problema nisso?

Eu lembro de garotas que se apaixonavam por cabeludos na época de escola que decoravam livros e mais livros sobre bandas “legais”. Tudo isso pra poder mostrar conhecimento e tirar uma onda de “Ouço Nirvana desde novinha”, como se essa auto-afirmação fosse um troféu, a ser erguido com orgulho, quando, na verdade, os caras estavam muito mais interessado na “patricinha” da escola, simplesmente porque ela não dava bola pra ele. Exatamente pelo mesmo motivo que fez a garota inicial se apaixonar por ele. Eles são de mundos diferentes. Não tinha nada a ver com as semelhanças entre seus gostos, era questão social, mesmo.

Durante sua vida adulta você verá muito disso. Você entrará em empregos novos que te farão se adaptar ao ambiente, seja ele qual for. Isso não faz ninguém mais fraco, não faz ninguém “falso”, isso parece mais coisa de um ser humano, se adaptar para sobreviver. Foi assim por toda nossa existência, não seria diferente agora, não é?

Ficar com raiva ao ver “falsos geeks/nerds” é infantil, imaturo e mostra que sua habilidade em conviver em grupos está abalada, ou você acha que é só nesse meio que tem poser? Quantos crentes você não vê por aí carregando uma bíblia e andando de terno mas que na verdade não estão nem aí para o que está sendo ensinado? Dessa vez nem é implicância com os caras, é só questão de saber respeitar todas as pessoas, independente de ela gostar de algo ou fazer aquilo apenas para se enturmar, porque, acredite, se aquele roqueiro pudesse fazer parte do “mundo” da patricinha só pra poder ficar com ela, duvido que ele não parasse de usar aquelas camisas de bandas em 1 segundo.

Avenged Sevenfold é o cacete, eu vou é botar um blusão social da Tommy Hilfiger.

Hoje é dia de Rock, bebê

Anúncios

3 comentários

  1. Avenged seven oq? Isso só presto fazed cover de Walk do Pantera.
    Isso tudo é questão de moda e o que mais tem nesse mundo e gente modista. Quero ver quando a moda for da o cú se nego vai aderir, sem mais.

    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s