As 5 séries mais bem escritas

Como já foi citado anteriormente, eu sou muito fã de séries (e de música, e de coisas de Star Wars e de…). De todas as séries que este reles mortal já viu, muitas ficaram marcadas. Algumas eu nem me lembro mais, de tão sem graça que eram. Algumas outras, por outro lado, marcam pra sempre nossa memória.

Quando você tem um costume como esse, de assistir séries, é quase certo que você crie o seu Top X séries que você mais gosta, mesmo que você não tenha um blog para publicá-las. No meu caso, não é só uma lista das séries que eu mais gosto, é uma lista das melhores séries já criadas, sejam pelo roteiro ou pela inovação. Elas estão nesta lista por serem as melhores séries, independente dos motivos que as levaram a ser.

Como de costume, não é minha intenção ofender os fãs de séries mais sem graças ou mal escritas, a intenção é somente listar as melhores séries, segundo este que vos fala. Se você é fã de alguma série e sentiu-se humilhado, significa que sua série é uma porcaria e que você deveria aprender a ver coisas boas.

5º Lugar – Lost

Lost tinha tudo para ser a primeira posição desta lista, mas dada as últimas deslizadas que deram no roteiro, acabou ocupando a quarta posição da lista.

Durante muito tempo Lost ocupou a primeira posição trazendo uma série de qualidade e com roteiro de dar inveja em muita série que tentava ser grande.

Lost tinha uma das coisas que sempre me atraiu em série, a linearidade dos episódios.

Ela não era uma daquelas séries com episódios “auto suficientes” onde cada episódio nunca levava a um segundo e cada temporada nunca levava a uma nova temporada, fugindo daquele roteiro batido de que cada episódio fala por si só e que ninguém precisa ver a série completa para entendê-la. Se você puder ver apenas um episódio de uma série e entendê-la completamente, a série não é boa. É preguiçosa e tem a intenção apenas de angariar fãs. Não foi o  caso de Lost.

Digam o que quiserem do final, eu gostei do final e acho que foi um ótimo final para a série, embora tivesse também minhas teorias e os meus próprios finais em mente. Mas não é por isso que eu viraria as costas para Lost e afirmaria que é uma série ruim.

Lost ganha pela diversão proporcionada durante todo este tempo passado. Todas as teorias, todos os mistérios e todas as infinitas discussões com os amigos na internet.

Por essas e outras, Lost ocupa o 5º lugar na lista.

4º Lugar – Gilmore Girls

E neste momento, meu caro amigo, você usa toda sua ignorância e repugnância digna de apreciadores da música cultural brasileira (Funk!) e diz “ah, Gilmore Girls é de mulherzinha”. Para estes ignorantes eu só posso encher o peito de ar e dizer-lhes “Realmente, volte a ver Malhação, caro amigo”.

Gilmore Girls não só é a série mais bem escrita que já vi, mas também é a série com melhor história e melhor desenvolvimento de personagens.

Toda a série gira em apenas um mesmo cenário, com pouquíssimas exceções, e com centenas de personagens recorrentes em cada episódio, bem como as situações, sempre comentadas pelas protagonistas da série.

E por falar em protagonistas. Duvido que qualquer ser humano que possa ler isso seja capaz de me mostrar duas atrizes capazes de interpretar mãe e filha tão bem como Lauren Graham e Alexis Bledel. A química entre elas era tão perfeita que era possível se emocionar e revoltar-se com situações do cotidiano das duas. Não há série capaz de reproduzir o mesmo sentimento que era capaz de sentir enquanto acompanhava a história das duas.

Está certo que a série perde posições pela perda da roteirista original, que fazia a série ser tão única. Nas últimas temporadas, somos capazes de perceber a “novelização” da série e podemos perceber como a qualidade do roteiro, antes tão criativo, decai a ponto das duas ficarem discutindo por conta de homens. Coisa que nunca aconteceria antes, quando a criadora ainda escrevia os roteiros.

Infelizmente, Gilmore Girls perdeu bastante com a saída da roteirista original, por isso ela ocupa a 4ª posição de nosso ranking.

3º Lugar – Roma

Roma nem tem o que ser dito. Ela sem dúvida, só não ganha a primeira posição porque a série em primeiro lugar é infinitamente superior a ela.

Roma tem tudo para ser uma das melhores séries que você já viu em sua medíocre vida. Nela existe de tudo, desde sexo a guerras. E que guerras, meu caro amigo. É a série do macho moderno.

Podemos citar desde o desempenho exímio dos atores até a fiel reprodução do cenário antigo, do Império Romano. Atores pouco conhecidos do grande público, embora muito rodados nos cenários de Hollywood. A história da série é incrível e é surpreendente acompanhar o desenrolar das ações dos dois protagonistas.

Roma é uma série que você acompanha sem ter a menor idéia do que poderá acontecer no próximo episódio. Não há spoiler que te faça perder o ânimo por ver Roma. Nada pode te tirar o gosto de acompanhar a série. Só vendo mesmo pra entender.

Todo o roteiro é bem estruturado, as cenas se encaixam perfeitamente, as cenas de violência são perfeitas e todo aquele “glamour” antes visto em filmes de qualidade duvidosa é trazido a realidade pelos habilidosos produtores da série.

Não há um fã de séries que nunca tenha ouvido falar de Roma, e se há, ele não deveria se considerar fãs de série.

2º Lugar – Sons of Anarchy

Falando em série de macho, não podemos fechar este ranking sem colocar Sons of Anarchy em sua devida posição. E, novamente, só não fica em primeiro porque o primeiro é mais superior ainda.

Confesso que fiquei muito em dúvida entre Sons of Anarchy ser a primeira ou a segunda. Fui analisando episódio por episódio, desenrolar por desenrolar, roteiro por roteiro e ela acabou ocupando a segunda posição. Posição mais do que merecida.

Sons of Anarchy conta a história de uma gangue de motoqueiros envolvida em uma grande operação criminosa em uma cidade escondida nos Estados Unidos. A cidade é tão escondido que em alguns episódios os personagens tentam impedir a cidade de evoluir, já que, se fosse assim, eles perderiam o poder que detém dentro da cidade.

Sons of Anarchy conta com atores premiados em seu elenco, além de ótimas interpretações e um belíssimo roteiro. Poucas vezes em sua vida você verá atores tão convincentes de seu papel atuando novamente. Não há uma só hora que você pare para observar e encontre uma má atuação. Em todo momento os atores estão sendo convincentes.

Sons of Anarchy é o tipo de série que te faz ser o “Daniel San” novamente. Aquela coisa de você querer lutar karatê para reviver os momentos de Daniel. No caso de Sons of Anarchy, mesmo que você compre uma Harley, dificilmente você irá se meter em uma gangue que contrabandeia armas pelos Estados Unidos. E se o fizer, não diga que ficou com vontade depois de ler isso daqui.

1º Lugar – Dexter

Amigos, da próxima vez que pensarem em discutir sobre séries, não comece uma discussão se você nunca tiver visto Dexter. Dexter não é só a melhor série de todos os tempos como também foi a primeira a colocar um ruivo como protagonista. Não que isso seja lá um mérito, mas se tratando de Dexter, tudo é mérito.

Um amigo meu me falou que o Dexter era locutor antes de ser ator, logo, explica-se o porque das cenas serem tão bem narradas e tão bem desenvolvidas dentro da cabeça do personagem principal.

Quando falaram que iam fazer o filme do Homem Aranha eu fiquei me perguntando como eles fariam as cenas onde o Aranha não faz nada, a não ser ficar em cima de um prédio se perguntando o porque das coisas. Se o diretor de Homem Aranha tivesse visto Dexter, ele com certeza teria feito algo muito melhor do que fez.

Dexter mistura magistralmente os momentos de tensão com os momentos cômicos, os momentos de agilidade com os conflitos internos do personagem. Mistura de uma forma tão singular que fica difícil perceber quando o Dexter está falando e quando o “Dark Passenger” está falando.

Dexter não só é uma série boa como é ótima. Embora não fique confortável com o fato de Dexter ter dado o papel da mulher mais “saidinha” para sua própria esposa, todos os personagens se encaixam perfeitamente na trama que se desenvolve ao longo de suas temporadas.

Minha única reclamação sobre a série é a demora que algumas temporadas têm em “engatar a primeira” para sair do lugar. Na 5ª temporada, por exemplo, eles demoraram quase 7 episódios para mostrarem ao que vieram, quando na terceira temporada, no primeiro episódio nós já tínhamos idéia do que estava por vir.

Dexter integra da melhor maneira possível um bom roteiro, ótimas interpretações, bons diálogos, ganchos da série, atores e tudo mais que uma boa série pode oferecer.

É incrível como o rosto mais simpático da américa seja o de um Serial Killer. E é mais incrível ainda como conseguem transformar uma idéia ruim (a princípio) na melhor série já vista por este quem vos fala.

Anúncios

1 comentário

  1. Ahh fz oq eu falei, maneiro!
    Como vc já sabe estou viciado em Dexter, realmente é muito foda.
    Lost eu só vi até a segunda temporada, tenho q termina d assistir.
    Sons of Anarchy estou visando assistir e o resto só conheço d nome!

    abç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s